Departamento de Conservação e Restauro

Doutoramentos em Conservação e Restauro

 

São duas as especialidades actualmente disponíveis: Ciências da Conservação e Teoria, História e Técnicas.

A especialidade em Ciências da Conservação agrega todos os domínios de investigação científica indispensáveis à sua plena afirmação e desenvolvimento que terão de ser implementados com o aprofundamento da colaboração de outras áreas científicas. No entanto, consideramos que os objectos de investigação são específicos, exigindo um conjunto de aparelhos conceptuais informados pela ética, a teoria e a história e o trabalho continuado sobre a conservação e restauro. A investigação em Ciências da Conservação tem, como finalidade última e constitutiva, a conservação da diversidade dos bens artísticos e culturais cuja materialidade é sempre impositiva e particular. No âmbito desta especialidade em Ciências da Conservação, inclui-se o estudo dos próprios materiais constitutivos dos objectos artísticos e dos respectivos processos de degradação, bem como a investigação e o desenvolvimento dos métodos e procedimentos adequados a uma boa prática de conservação.

A especialidade em Teoria, História e Técnicas agrega áreas fundamentais de investigação, respeitantes aos fundamentos teóricos, filosóficos e deontológicos  da conservação como ciência domínio indispensável para a sua afirmação disciplinar; à história dos métodos de conservação e das técnicas da produção artística, nas suas diversas vertentes disciplinares que envolvem o imenso corpus dos objectos culturais, encarados como materialidades transformadas pela  produção e criatividade humana.

 

Síntese: A criação de um ramo de Doutoramento em Conservação e Restauro, com as duas especialidades enunciadas, visa atingir os seguintes objectivos:

- Afirmar a Conservação e Restauro como domínio científico que, apesar de não dispensar os estudos interdisciplinares, se rege por valores éticos e procedimentos metodológicos específicos.

- Incrementar a investigação em Conservação e Restauro na sua dupla vertente constitutiva: as Ciências da Conservação e a Teoria, História e Técnicas de Produção Artística.

- Contribuir decisivamente para o estudo, investigação e conservação dos bens artísticos e culturais que constituem o património português.

- Implementar um lugar de referência que afirme o Departamento de Conservação e Restauro como parceiro prestigiado em projectos nacionais e internacionais nos domínios da conservação e restauro do património cultural.