Doutoramento em Conservação e Restauro do Património

Ensino

Doutoramento em Conservação e Restauro do Património

Entrou em funcionamento em 2009/2010. O número mínimo de créditos para a obtenção do grau é de 240 ECTS (4 anos). Programa doutoral com patrocínio da FCT-MCTES.

Objetivos

Este programa de Doutoramento, proposto no âmbito do processo de Bolonha, pretende fornecer uma formação especializada com elevado padrão de qualidade nas áreas fundamentais e aplicadas das Ciências da Conservação e da Conservação-Restauro. O grau de doutor em Conservação e Restauro é conferido nas especialidades de "Ciências da Conservação" e "Teoria, História e Técnicas".

O objectivo principal do projecto de doutoramento é a preparação e apresentação de um trabalho consistente, realmente original e inovador. Propostas de investigação que necessitem de bastante mais que quatro anos para serem levadas a cabo não serão aceites. Baseado numa supervisão individual, onde cada doutorando tem um orientador científico, pretende conferir aos doutorandos: capacidade para realizar investigação respeitando as exigências impostas pelos padrões de qualidade e integridade académicas; capacidade de liderança na área da conservação de bens culturais; comunicar com os seus pares, a restante comunidade académica e a sociedade em geral sobre a área em que são especializados; promover, em contexto académico e ou profissional, o progresso tecnológico, social ou cultural.

Duração

O ciclo de estudos tem 240 ECTS e uma duração normal de 8 (oito) semestres curriculares de trabalho do estudante, correspondendo 1 semestre à componente curricular (Curso de Doutoramento) e os 3 anos subsequentes à componente de investigação.

PLANO CURRICULAR 

Saídas profissionais

É actualmente consensual que a formação em conservação e restauro deve atingir os mais elevados níveis de estudo, nomeadamente o mestrado e o doutoramento. Ainda que, a nível internacional exista um número restrito de programas de doutoramento, a tendência é encorajar a formação avançada. Serão estes os futuros líderes mundiais, quer liderando equipas em grandes museus e instituições culturais, quer coordenando projectos nacionais e internacionais, quer criando empresas para o século XXI. Os doutores em Conservação e Restauro terão adicionalmente oportunidades profissionais em centros de investigação ou investigação e desenvolvimento associados a instituições públicas e privadas, quer na área da conservação e restauro quer em áreas de gestão e divulgação do património, e nas instituições de ensino superior.

Informação Adicional (English)

Regulamento do doutoramento

SABER MAIS

Horário de funcionamento:

Diurno

Propinas:

Estudantes nacionais: 2.750€

Estudantes internacionais: 2.750€

Prazo de candidatura:

 

1ª Fase: 7 de abril a 23 de junho
2ª Fase: 26 de agosto a 16 de novembro
3ª Fase: 20 de dezembro a 20 de janeiro

 

CANDIDATURAS

Condições de acesso para o ano letivo de 2017/2018

Vagas para 2017/2018 :

10

Regras de acesso:

Os candidatos ao ciclo de estudos deverão satisfazer as condições de acesso e ingresso nos programas de doutoramento indicadas no Regulamento Geral dos Programas de Doutoramento da FCT NOVA, satisfazendo uma das seguintes alíneas:

a) Titulares do grau de mestre ou equivalente legal;

b) Titulares de grau de licenciado e detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo conselho científico;

c) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo conselho científico.

Documentação para o processo de candidatura (on line): 
Certificado de habilitações discriminando as classificações obtidas;
Curriculum vitae.

Critérios de seriação:

A selecção dos candidatos é da responsabilidade da Comissão Científica do doutoramento através da apreciação da documentação apresentada, podendo convocar para uma entrevista os candidatos potencialmente elegíveis.

Coordenadora do curso:

Professora Maria João Seixas de Melo

pdcr.coordenador@fct.unl.pt