Departamento de Conservação e Restauro

Documentação para a preservação de arte contemporânea (DPAC)

Lab. 206b - Piso 1, Edifício Departamental  

Responsável: Profª Doutora Rita Macedo

 

Missão:

A missão do LabDPAC é estabelecer a relação entre o património material e o património imaterial contemporâneo, necessária à sobrevivência de obras de arte complexas. Para o efeito, a sua função principal é a de produzir documentação com vista ao preenchimento de lacunas na documentação escrita com recurso às metodologias da história oral. Após validação, esta documentação permitirá a preservação de obras e ou exposições de arte contemporânea e, em alguns casos, o restauro da experiência das mesmas.

 

Grandes áreas de actividade:

Inventariação e estudo de documentação escrita e materiais constituintes de obras de arte e/ou exposições; 

Preenchimento de lacunas nesta documentação, através da produção de documentação com base nas técnicas da história oral;

Biografia de obras;

Digitalização de texto e imagem;

Realização de esquemas de obras complexas;

Produção de documentação descritiva;

Ensaios de documentação prescritiva.

 

Projetos em curso

Contemporary Art Conservators and Curators: Roles, Collaboration, Training and Ethics

Sub-projecto de investigação integrada no projecto: New Approaches in the Conservation of Contemporary Art (NACCA)  

Coordenação geral: Renée van de Vall; Coordenação Linha FCT/UNL: Rita Macedo. 

Membros da equipa: Maria Theodoraki (investigadora contratada); Sofia Gomes (documentação e preservação das instalações da artista Ana Vieira); Andreia Nogueira (conservação de performance musical); Hélia Marçal (documentação de Performance Art).

Ver em: https://www.dcr.fct.unl.pt/investigacao/projectos

 

Destaques

Recentemente o LabDPAC faz parte de uma nova rede, financiada pelo Amsterdam Institute for Humanities Research, da Universidade de Amesterdão, que estuda a aplicação da História Oral em Conservação de Arte Contemporânea.

 

Parcerias

Instituto de História da Arte, BAC (Banco de Arte Contemporânea), CESEM (Centro de Estudos de sociologia e Estética Musical), MNAC – Museu do Chiado, Museu Fundação Calouste Gulbenkian.